Primeiros passos para montar uma carteira de Dividendos

 

Primeiros passos para montar uma carteira de DividendosNesse vídeo vou falar sobre os primeiros passos para montar uma carteira de Dividendos, veremos como é importante diversificar não só entre ações, mas em tipos de ativos diferentes e também em países diferentes. Falo sobre quantas empresas são ideais para se ter na carteira de ações, e como balancear esses pesos ao longo do tempo.

Mostro qual a minha estratégia na escolha de empresas e fundos no Brasil e nos USA, como montei minha carteira pra me defender de variações e crises sistêmicas, aprenda a fazer uma seleção de ativos que tenham características especificas para lhe defender de possíveis crises.

Falo um pouco também sobre algumas etapas que você deve tomar para selecionar a carteira de ações, sobre quanto tempo você deve levar para reavaliar as ações que vocês selecionou. Confira isso tudo e muito mais no vídeo abaixo:

Invista nos Estados Unidos

Se você gostou da lista e quiser comprar empresas de crescimento de dividendos, saiba que é possível investir nos Estados Unidos de forma simples e barata. Não precisa ter tanto dinheiro e pode-se operar daqui do Brasil.

Abra sua conta numa corretora americana, diversifique seus investimentos em dólar e comece agora mesmo a montar sua carteira de ações nos Estados Unidos. Veja aqui como Abrir uma conta na corretora americana.

22 thoughts on “Primeiros passos para montar uma carteira de Dividendos

  • 16 September 2017 at 14:05
    Permalink

    Olá VdD! Td bem? Desculpe, mas este post é longo mas é um post de reconhecimento e agradecimento pelo seu trabalho e valiosas recomendações.

    Invisto em ações na Bovespa desde set/2016 e em FIIs desde Jan/2017, acompanho blogs sobre investimentos. Achei seu blog por acaso ao procurar apps de controle de orçamento. Assisti seu video sobre o Banktivity e gostei muito, tanto do software como de assistir vc explicando. Aí, comecei a ler outros posts do blog e não consegui mais parar de ler até hoje. Seu blog tem muita informação, de ótima qualidade e facilmente aplicável ao investidor comum. Já tinha em mente, desde que comprei minha primeira ação, a investir com estratégia de buy and hold com foco em dividendos. Analisando seu blog, percebi que sua estratégia tb é de buy and hold/dividendos porém mais refinada e com muita técnica e fundamento, focada no mercado americano de ações e Reits mas mantendo também um foco em Fiis. Que show de bola, pensei. Tava cansado do gira gira de ativos, foco em valuation, gastando com corretagem, vendendo com prejuízo, pensando somente Em P/L, dividend yield, comprando opções (jogar dinheiro no lixo), comprando ETFs (não vale à pena), tentando fazer long/short de açoes (perda de tempo), previdência privada (furada total), etc. Eu tinha que encontrar uma forma de investir de forma mais rentável e que não fosse ligado a gira gira de compra e venda de ativos e que não precisasse ficar refém do mercado e de altos tributos, altas taxas e excesso de corretagem, telefonando para corretora para alugar ação pra shortear e estressado com timing.

    Voltando ao video do Banktivity, vc disse a um leitor que só dava para ter o Banktivity num computador iMac. Aí pensei, poxa estou há anos tentando organizar meu orçamento pessoal com mil planilhas e apps confusos. E como vc disse que a taxa de poupança é importante, então preciso controlar isso melhor. Aí vc disse para um leitor: cara, larga essas planilhas. Então resolvi dar o primeiro passo e mudar toda minha vida financeira e de investimentos. Pensei, vou dar uma de louco (tem um video que vc disse que vc é meio louco, e achei um barato) e comprei um iMac (ago/2017) para instalar o banktivity. Aí disse tchau ruinwindows e notebook lerdo, até nunca mais. Cara, o iMac é bom demais da conta, porque eu cabeça dura não comprei um antes, fiquei enrolando muito para comprar. Vale cada centavo. Ter um iMac é investir em produtividade e ganho de tempo, é rápido para caramba, tem qualidade no hardware e software e, como vc falou, trabalham integrados. Gostei também do banktivity e vale à pena comprá-lo pq organiza o orçamento pessoal de forma eficiente fornecendo informacões detalhadas. Com iMAC na mão, uma coisa foi puxando a outra e como achei interessante seu plano de investir na NYSE, pensei, então, em entrar de cabeça na bolsa americana, porém mantendo 30% do meu portfolio em ações e fiis no Brasil e ter 70% em ações e Reits na NYSE (parecendo sua proporção de 70% em Reits e 30% em fiis). Seguindo o passo a passo do blog, lendo sobre tributação, deixando de ser sócio torcedor, analisando seleção de ativos, etc, resolvi abrir conta na DriveWealth e agora já estou na minha segunda remessa de doláres pelo Remessa Online. Cara, realmente, o aplicativo da DW é ótimo, fácil de entender e aplicar. A DW deixa as corretoras brasileiras na idade média. Em alguns cliques vc monta uma seleção de ativos como se fosse uma ETF e aplica de uma vez poupando tempo de comprar cada ação. Assinei o plano unlimited (corretagem a US$0,01!!!, que louco) e o Morningstar. E esse negócio da DW de comprar frações de uma ação ajuda muito o investidor estrangeiro ou com pequeno capital. A Bovespa precisa deixar o passado e acabar com a obrigatoriedade de comprar pacotes de 100 ações ou limitando compras no fracionado como se fosse dois mercados para uma mesma ação (que coisa mais atrasada e sem sentido). Então, a cada passo seguido no seu blog, a DW, o Remessa Online, tudo aconteceu conforme vc recomendou, sem nenhum problema. Comprei até a revista VdD. Muito boa a revista, vale à pena.

    Se o investidor no Brasil soubesse como é fácil e interessante investir no EUA. Tento de várias formas atrair amigos e familiares para a bolsa brasileira (ainda que não seja a bolsa ideal) porque vejo como um começo interessante para o investidor focado no longo prazo que quer ir além da limitada renda fixa. Porém estes não se interessam ou se interessam parcialmente mas não dão o primeiro passo, o cara não sai da zona de conforto. Aí pensei, é como VdD falou, precisa gostar de ações/Reits, comer ação no café, no almoço, na janta. Enfim, bolsa não é pra todo mundo, porém o Brasil tá muito atrás em números de investidores em bolsa, atrás até do Chile e da Colômbia. Tirando o cara que não gosta de bolsa ou tem medo de ações, tenho um conselho para quem gosta mas não entrou na bovespa e/ou NYSE: meu amigo, dê o primeiro passo, abra uma conta em uma corretora, comece pela bovespa mesmo e depois, após certo conhecimento do mercado, entre também na NYSE. Não faça como eu que demorei 10 anos para entrar na bovespa, porque gostava muito do universo de investimentos mas ficava travado e o tempo passando. Depois que entrei na bovespa vejo que o mercado brasileiro de investimentos quer que o investidor comum fique paralisado, seguindo apenas recomendação de bancos, corretoras, research, mico de previdência privada, fundo de investimento caro e isso é o que impede as pessoas de atingir a liberdade financeira através da renda passiva. O que fez eu dar o primeiro passo e abrir uma conta em uma corretora brasileira foi o estudo sobre investimentos principalmente sobre ações. Precisa sentar e estudar, comer livro de investimento, pagar curso online, entender como funciona, não precisa fazer faculdade de economia mas precisa entender a coisa para investir cada vez melhor, senão vc é usado pelo mercado como fonte de lucro pra eles, lógico. Depois que entrei na bolsa comecei a seguir a manada que apenas lê um resumo de uma recomendação de um estudo que foi feito por um cara que vc mal conhece e aplica sem pensar, sem estudar o ativo por conta própria, sem ler balanço, sem entender direito o case do ativo. Fui evoluindo ao longo dos meses e percebi que isso é um grande erro. O cara que recomenda um ativo não necessariamente compra o ativo, ele apenas monta uma carteira de ativos “recomendados” no papel apenas, com foco na rentabilidade. Percebi que após quase 1 ano de bovespa meus ganhos realizados estavam no vermelho e os não realizados abaixo do esperado. Aí pensei, poxa o cara que recomenda tá com rentabilidade alta e surfando uma boa onda e eu no vermelho. Então, lendo os posts no VdD aprendi que a rentabilidade não é importante no começo quando se está montando a carteira (somente é importante quando a renda passiva e o capital investido são muito elevados). Esses caras de recomendações (corretoras e research) na verdade, estão falando para investidor qualificado ou como se a carteira do cliente fosse um fundo de investimento com muita grana investida. O investidor pessoa física comum é um peixinho no mercado de tubarões e precisa de uma estrátegia diferente, mais adequada, que é o que vc propõe VdD. Como vc disse VdD, o investidor iniciante e/ou que estão construindo uma carteira (renda passiva baixa, capital investido baixo) precisa focar em aumentar a taxa de poupança (não estou falando da poupança do banco) sobre a renda de trabalho para investir mensalmente em ativos de crescimento de dividendos selecionados após estudo pessoal e criterioso e esquecer timing, esquecer preço de mercado, esquecer preço alvo, não colocar a rentabilidade como prioridade agora (deixar para outra fase no futuro). O mais importante é acompanhar o crescimento constante de receita/lucros/ffo/dividendos do ativo, o crescimento constante da renda passiva anual do investidor e a manutenção de uma boa taxa de poupança mensal.

    Tive acesso, por uma empresa de research, a orientações gerais de como investir na NYSE, falando sobre corretoras e tributação. Os caras recomendam corretoras americanas com alta taxa de corretagem e com valor de aplicação inicial muito elevado (US$ 5.000 a 10.000!!) sendo que na DW vc abre a conta com ZERO dolares (exceto a taxa de míseros US$ 5 devido formulário W8) e corretagem baixíssima. A orientação sobre tributação dessa empresa de research é fraca e confusa, oposto das suas orientações, VdD, que são fáceis de entender e realistas porque é o que vc usa na prática. Esse é o problema de quem faz apenas recomendações e não aplica na realidade, é o povo do blá-blá, enrolação, promessas vazias, pra transformar o investidor em sócio torcedor e pagador de corretagem refém do gira gira e timing de mercado, etc. Aí depois vem uma queda de bolsa como em 18/05/2017 na bovespa e o povo do valuation, da rentabilidade fica com medo e muitos vendem sem pensar. Nesse dia eu não vendi nada e até comprei um pouco de ativo que era bom ter mais. Então, nesse dia eu pensei, eu realmente não sou da turma da rentabilidade, do valuation, sou da turma do dividendo, de carregar o ativo lucrativo e bom pagador de dividendos por muito tempo. Precisamos acordar e caminhar com as próprias pernas sem se tornar refém do mercado, vendo nosso suado dinheiro se perdendo devido recomendações de analistas e com compras e vendas de ativos desnecessárias e sem análise própria adequada (deve-se pensar por si mesmo). Aprendi com vc VdD a fugir de empresa com ICJ (índice de cobertura de juros) < 2 e como tento aplicar a análise quantitativa e qualitativa nas minhas ações brasileiras, descobri que estava com ações de empresas severamente endividadas, dividendos irregulares e exposta a nafta/petróleo como a Braskem, empresas com fluxo de caixa livre negativo recorrente e duradouro, queda de receita e EBIT a cada ano (indo pro brejo mesmo) como SHUL4, empresa diminuindo dividendos e gestão ruim como BBAS3, holding como ITSA4 carregando um monte de tralhas (Elekeiroz, Itautec, etc) com receita estagnada e endividamento crescente por causa das tralhas. Se é pra ter ITUB4, compra ITUB4 direto ao invés de comprar ITUB dentro de ITSA4, pensei. Sem falar nos controladores da Braskem como Petrobras, Odebrecht e no controle estatal da BBAS3. Cara, pensei, como sou tonto, seguindo recomendação às cegas, sem analisar adequadamente, esperando apenas no valuation, na rentabilidade, o típico sócio torcedor. Tem que pensar e analisar bem antes de comprar um ativo.

    Hoje percebo que o buy and hold com foco em dividendos é a forma de investir que me agrada e trará retorno sustentável, crescente, resiliente e mais seguro no longo prazo. Cada investidor escolhe o investimento que acredita ser melhor e que se sente mais confortável. Respeito a opnião sobre os mais diversos investimentos e inclusive tive experiência com vários deles mas eu escolhi um caminho que é o buy and hold com foco em dividendos de ações/Reits/fiis.

    É isso aí, obrigado VdD. Suas orientações mudaram a forma como invisto em ações/fiis, me mostraram o mundo dos Reits (que eu desconhecia) e tem melhorado minha percepção sobre o mercado e sobre o mundo de investimentos, me tornando mais criterioso e seletivo para investir e sem neurose de timing de mercado. Fora que seus videos são muito legais e interessantes. Tenho certeza que seu trabalho está ajudando muitos investidores a investir melhor através do estudo pessoal e detalhado de cada ativo, ensinando a ler balanços, entender e acompanhar o case de cada ativo, usar o bom senso, sem depender de terceiros e intermediários que querem apenas lucrar com nosso dinheiro.

    Valeu VdD! Vc é walk the talk! abraço!

    Reply
    • 16 September 2017 at 20:14
      Permalink

      Olá RZG

      Cara seu comentário dá pra fazer um post rsrsrs

      Muito legal sua história e como você tem buscado encontrar seu caminho no mundo dos investimentos. Eu só sou um cara falando do lado de cá o principal artista nisso tudo são vocês que levantam a bola com comentários e fazem isso tudo girar, certamente se não fosse eu aqui, seria outro que provavelmente faria até melhor do que eu tenho feito, mas sem vocês daí nada disso aconteceria.

      Muito obrigado por todo o reconhecimento dado ao nosso trabalho isso motiva a fazermos cada vez mais.

      Sobre a sua história acho legal como você foi descobrindo o seu jeito de investir com o tempo, claro que no meio do caminho tem os tropeços. Isso é até em certa medida importante para nós amadurecer como investidores.

      Mas reconhecer o erro e tentar aprender, buscar informações, estudar para corrigir é o mais importante de tudo.

      Sobre essas casas de research sei que não podemos generalizar, porque tem algumas que são boas e fazem um trabalho serio, mas de modo geral o que vemos são apenas marketing e do mais podre. Sabe a diferença desses analistas para mim? Que eles estão preocupados apenas com eles, em obterem seus próprios retornos, eu não!

      Eu me preocupo com o leitor antes de tudo, pra mim o leitor é meu maior ativo, por isso eu preciso de ter uma relação de confiança e isso só se consegue sendo honesto e ético. Quando falo aqui que X é bom é porque eu tenho X ou uso Y, posso até quebrar a cara, mas não vou recomendar algo porque quero seguidores, ou porque vou vender pra X ou Y.

      Tô pra te falar que já me ofereceram dinheiro e não foi nem uma nem duas vezes não. Minha resposta pra esses caras é sempre vai catar coquinho. Comigo só cola quem tem ética e respeito ao leitor, não tô nisso pelo dinheiro somente, se o dinheiro vier vai ser consequência. Diferente de algumas plataformas concorrentes que não têm coerência nas atitudes.

      Por isso que minha base de usuário só sobe, e sobe de forma sólida, não é essa história de consegue 10 e perde 9 por falta de comprometimento como é com esses caras.

      Enfim obrigado novamente pelo seu depoimento, escutar isso tudo é muito motivador e mostra que estamos no caminho certo. Continue nos acompanhando e se possível ajude-nos divulgando o blog e o canal para seus amigos e conhecidos, isso sim é muito importante para nós esse apoio de vocês.

      Reply
  • 24 August 2017 at 21:58
    Permalink

    Boa-noite, Bruxo VD!

    Primeiramente, tenho que te agradecer.

    Encontrei teu blog por acaso e estou lendo o máximo possível. O conhecimento prático reunido aqui é fora do comum.

    Já fiz minha conta na corretora que tu indicou, através do teu link, bem como a remessa pelo remessa online.

    Arriscando-me nas primeiras análises, o que tu achas das empresas voltadas para a área de saúde?

    Dá uma olhada nesta: Stryker Corp. Segui o teu método de avaliação no site Morningstar e se entendi bem… esta empresa é show de bola.

    Também vi esta: Clorox Co. Área da limpeza.

    Outra questão: o que significa quando no site Morningstar, no campo Interest Coverage, aparece somente um traço ” – “?

    Um forte abraço e bons investimentos a todos nós.

    Reply
    • 25 August 2017 at 08:12
      Permalink

      Valeu pela força Jung

      Sobre as empresas a CLX está com as receitas meio estagnadas, apesar de que o resto vem crescendo, estão reduzindo bastante os custos. É mais uma empresa de crescimento lento.

      Já a SYK não conhecia essa parece bem melhor olhando números apenas, tem que ver o resto do case dela, mas parece bem redondinha.

      Sobre o – é porque ou não teve como calcular porque a empresa não tem dívida ou faltou alguma informação.

      Reply
  • 21 June 2017 at 04:35
    Permalink

    VDD está de parabéns seu comentarios. Queria te fazer perguntas sobre o S&P500 como funciona, e qual valor razoavelmente necessário para fazer uma carteira sustentavel? E gostei de suas dicas de recomendações.

    Abs
    Rene

    Reply
  • 28 February 2017 at 22:23
    Permalink

    o que vc acha de fundo de ações como diversificar ( FUNDOS ATIVOS ) por exemplo xp fia açoes e outros

    Reply
    • 1 March 2017 at 01:56
      Permalink

      se souber gerenciar sua carteira de forma eficiente vai ser a melhor opção de risco vs retorno que vc vai encontrar

      agora se quer deixar na mão de outro, melhor fazer um ETF do que ficar sustentando fundo com taxa

      Reply
  • 11 January 2017 at 00:00
    Permalink

    Mais um otimo video, voce disse que talvez entre no mercado canadense de Reits, é exatamente o que eu estou tentando estudar no momento e pretendo entrar esse ano, voce recomenda algum livro, site ? por onde devo comecar ?

    Abraco !

    Reply
    • 11 January 2017 at 00:16
      Permalink

      OLa Wagner

      No caso dos REIT difícil achar um bom livro. Geralmente é ir lendo os balanços e acompanhando os resultados. Tem vários artigos aqui no blog sobre o tema que podem lhe dar uma introdução.

      Reply
  • 18 December 2016 at 10:47
    Permalink

    VD,
    A DriveWeath também permite comprar ações e REITs negociados em bolsas europeias (i.e. Londres)? Ou apenas na bolsa americana? Você pretende montar sua carteira europeia apenas através da bolsa americana? Ou depois vai comprar em bolsas europeias? Conhece corretoras britânicas que aceitam estrangeiros?

    Grato,

    RC

    Reply
    • 18 December 2016 at 14:00
      Permalink

      Olá
      Só na americana listradas em NYSE ou Nasdaq
      Vou adicionar algumas europeias na carteira mas não é muito fácil achar empresas por lá no mesmo nível das americanas. Tem que garimpar bastante mesmo.

      Já com relação abrir conta fora, por enquanto ainda não tenho isso em meta

      Reply
  • 3 November 2016 at 19:46
    Permalink

    Boas,

    Gostei da parte quando os fiis iam ser tributados, foi ali que comecei a comprar Fii :D

    Não tenho grana para esse mercado dos EUA. Meu perfil psicológico de investimento é confuso. Vou ficar nos fiis até meio do ano que vem.

    Abraço :D

    Reply
    • 3 November 2016 at 20:00
      Permalink

      Boas, Sou eu de novo kkkkk

      Onde vejo a lista de todos os REITs americanos? Com os rendimentos mensais?

      Obrigado pela ajuda Viver, é só uma curiosidade :D

      Reply
      • 3 November 2016 at 23:35
        Permalink

        rapaz vc pega isso no próprio Morningstar bate um nome dessa lista de REIT que tenho e vai olhando numa opção que tem la de concorrentes aí vc vai abrindo um a um

        Reply
    • 3 November 2016 at 23:34
      Permalink

      “Meu perfil psicológico de investimento é confuso.” – agora entendo o nome do seu blog kkkkk

      cara os FIIs sao um ótimo investimento, mas no dia q vc entrar no mundo dos REITs aí mano vc vai ficar maluco literalmente

      Reply
  • 30 October 2016 at 10:33
    Permalink

    VD..voce acha que um aporte acima de 2mil é ate “mais ou menos” para investir em FII e ações no Brasil?

    Reply
    • 30 October 2016 at 13:33
      Permalink

      Olá Victor

      de modo geral, o valor em si que você vai aportar não faz diferença, o importante é o quanto você vai aportar da sua receita total, isso sim é fundamental

      digamos que você tem uma receita mensal de 1k se vc colocar 500 reais está fazendo um belo aporte
      se tem uma receita de 6k e está aportando 2k está bom também mas não tanto quanto o cara ai de cima
      agora se tem uma receita de 20k e está aportando 2k você está muito ruim

      pessoal acha que precisa ser rico pra investir na bolsa, ou que tenho um aporte pequeno e não vou conseguir alcançar a independência financeira aí por isso nunca investe

      o importante nao é o valor em si mas a sua taxa de poupança, se suas despesas estão na faixa do assalariado de 1k e vc coloca lá metade desse valor pode ter certeza que está muito na frente de um cara que ganha 50k mas coloca 2k nas ações

      claro que aqui agente vai dizer uma exceção pro investidor que quer colocar seu aporte no exterior, por conta do custo um pouco elevado comparado com o Brasil, isso por conta dos custos de remessa do dinheiro, então nesse caso eu travo 2k por conta desses custos pra num acabar sendo prejudicial, mas se estamos falando a nível brasil que o custo de aplicar o dinheiro é praticamente zero, então todo mundo se iguala aí passa a valer a taxa de poupança

      Reply
  • 29 October 2016 at 18:10
    Permalink

    Parabéns pelo post!! tenho esse msm objetivo a longo prazo: ações e FIIs no Brasil e Eua. Para iniciar os investimentos nos Eua, qual o aporte mínimo que sugere? Acima de 500, 1000… por mês?

    Reply
    • 29 October 2016 at 18:40
      Permalink

      Obrigado Bruno

      lembrando que temos um post explicando como abrir conta numa corretora americana, veja aqui.

      sobre o aporte acho que valores acima de 2.500 reais já começa a ficar interessante o custo de remessa, abaixo disso acho que não compensa muito enviar porque fica caro. Mas vc não precisa necessariamente de mandar todo esse recurso por mês, no começo eu juntava e mandava a grana 2 ou 3 vezes no ano, pode-se tomar uma estratégia assim também, mas hoje as coisas são bem mais facilitadas.

      Reply
  • 29 October 2016 at 12:14
    Permalink

    Ola VD,

    Bem interessante a sua estrategia, e como você olha a questão de deixar o patrimônio exposto somente em dolar e real, você não acha meio arriscado?

    ate porque se o dólar estiver baixo será que as empresas vão repatriar o dólar? e distribuir como lucro? até porque como você mesmo disse nao compensa para a empresa.

    Sobre os reits seria legal algumas da Alemanha, Canada e outros lugares com moeda forte?

    Bons investimentos, abrass

    Reply
    • 29 October 2016 at 13:48
      Permalink

      Então Anderson eu só invisto em empresas de crescimento de dividendos então elas sempre vão me pagar mais ano após ano. Como ela vai fazer isso não me importa pago o CEO pra isso kkkk

      De uma olhada nesse artigo e veja o poder que tem essas empresas

      http://viverdedividendos.org/empresas-de-crescimento-de-dividendos/

      São empresas que mesmo em crise ou não elas conseguem gerar caixas de forma colossal. Segurança, segurança e segurança essa é a palavra no longo prazo

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *